Archive | junho, 2010

O Programa de Redenção (1)

Posted on 30 junho 2010 by admin

No segundo capítulo do livro, Valnice aborda o engenhoso “programa de redenção” elaborado por Deus para redimir a humanidade do pecado. Esse plano foi executado por Jesus Cristo, mas deve ser implementado em cada geração pela igreja. “Precisamos tem um conhecimento claro do programa que Deus estabeleceu a fim de podermos cooperar com Ele em seu cumprimento”, afirma a autora. Em seguida, em linhas gerais, passa a esboçar o programa de redenção:

1°. Cristo se manifesta para desfazer as obras do diabo – 1Jo 3.8b

Ao entrar no reino dos homens, Jesus demonstrou que tem autoridade no Céu, na Terra e debaixo da Terra para enfrentar o diabo e paralisar as suas obras. Nascendo como “Filho do Homem”, vivendo e sujeitando-se às leis dos homens, Jesus pôde exercer autoridade legal na Terra e desfazer as obras do diabo. Agora, todos os filhos de Deus estão na Terra para exercer autoridade e destruir, igualmente, as obras do diabo! Esse princípio é muito bem descrito por Milhomens da seguinte forma: “Se fomos gerados em Cristo Jesus como filhos de Deus, vamos manifestar a Sua vida e Sua autoridade aqui em nosso planeta para desfazer as obras do inimigo na vida dos homens”.

2°. O que Cristo fez deverá ser anunciado no mundo inteiro

Valnice defende que somos chamados à militância “até o cumprimento total da missão” (Mt 24.14). A humanidade inteira, indistintamente, deve ser alvo da mensagem de salvação (Jo 3.16). Brada, portanto, a autora: “Deus nos chama hoje a ser uma igreja militante, que tem a consciência de destino, que está na Terra para ser um canal através do qual Deus fará ouvir a Sua voz redentiva em todo o mundo…” (Is 60.1).

3°. Pregadores de Cristo, equipados sobrenaturalmente, são enviados a cada Criatura

Em Marcos 16.15-20 Jesus envia seus militantes e lhes concede habilidades sobrenaturais para o desempenho da missão. Sem o poder do alto não há como obtermos sucesso na proclamação da mensagem, assegura a autora. Dessa forma, será atestada a origem divina da mensagem e os corações serão verdadeiramente transformados. Valnice, então, lista alguns aspectos da Grande Comissão:

  • Somos chamados à ação. “Ide”! Temos que nos mover; sairmos do nosso lugar e irmos lá fora onde os pecadores estão. “O imperativo é um convite ao plano, à meta, à estratégia, à ação deliberada”.
  • Temos uma Proclamação. “Pregai o Evangelho a toda criatura”. Aqui está implícita a tarefa de um arauto (Rm 1.14-16).

  • Sinais acompanharão os que crerem. Como a missão e a mensagem são de origem divina, há um poder sobrenatural que as acompanha. “Estes sinais seguirão aos que crerem”:

– Expulsão de demônios – “Em meu nome expulsarão demônios”.

– Linguagem sobrenatural – “Falarão novas línguas”.

– Vitória contra Satanás – “Pegarão em serpentes”.

– Proteção em perigo – “Se beberem alguma coisa mortífera não lhes fará dano algum”.

Cada ponto recebe um comentário esclarecedor no livro.

4°. Uma agência autorizada para organizar o Reino de Deus na Terra a fim de cumprir sua missão de modo efetivo

A igreja é a agencia do Reino chamada a ser porta-voz de Deus para todo o mundo e a afrontar os poderes das trevas (Mt 16.18; Ef 3.10). Essa igreja se expressa de duas  formas: “universal”, inclui a todos os regenerados de todos os tempos e em todos os lugares; “local”, onde um grupo de pessoas regeneradas se reúne para estabelecer o Reino de Deus nelas próprias e no mundo. Para Valnice, a igreja não é um lugar aonde vamos para entreter-nos com uma bela mensagem, mas “é o campo de treinamento onde os homens se preparam para o ministério cristão”! (Ef 4.11-13). Cabe à igreja, concluir através da pregação do Evangelho a obra que Jesus realizou na cruz.

5°. Uma estrutura de igreja que a habilite a cumprir a missão

A igreja deve manifestar o caráter de Cristo, ao mesmo tempo em que cumpre a Sua missão. Atos 5.42 resume o modelo estrutural a ser seguido pela igreja em todas as gerações: reuniões no templo e nas casas. O templo é o lugar onde ocorrem as celebrações, revelando a transcendência divina por meio das expressões de culto. Na casa, Deus revela a sua imanência, pois ali Ele se mostra como um Pai amoroso que conhece e supre as nossas necessidades.

Valnice sustenta que Deus está restaurando essa estrutura de igreja e cabe a nós equilibrar a celebração no templo com a reunião familiar. Dessa forma a igreja terá estabilidade para alçar voo e encher a terra inteira com a manifestação da glória de Deus.

Brilhante foi a forma que a autora encontrou para associar o templo e a casa com a transcendência e a imanência de Deus. Creio que vale a pena conferir no próprio livro, mas deixo aqui, a título de encerramento desse capítulo, uma frase que resume bem o seu pensamento a esse respeito:

“No templo e nas casas a estrutura da igreja revela o caráter de Deus, tanto a Sua Majestade e glória como a Sua identificação conosco”.

Mais resenhas…

Comments (0)

Palavra Profética – Chuck Pierce

Posted on 28 junho 2010 by admin

Gente, que tremenda essa palavra profética. Tem tudo a ver comigo… e com você?? (É só clicar no título acima).

O Espírito do Senhor está dizendo: “Muitos de vocês vêem a mudança adiante, mas não têm certeza de que têm força para fazer a mudança. Mas EU Sou um Deus que pode fazer alegria brotar em você. Comece a louvar enquanto libera suas últimas forças para Mim, e Eu descerei e te fortalecerei de uma nova e inesperada maneira. Você precisa de nova força para estabelecer o seu ninho. Tenho ovos para o futuro que precisam ser chocados. Tenho revelação que precisa ser liberada para que possam ser chocados. Estou te dando agora a força para sentar sobre o ninho e esperar pela Minha autorização, antes de você se levantar e seguir adiante.

“Vou te dar visão que irá te mostrar coisas pelas quais você orou, mas ainda não se cumpriram. Você dirá, ‘Senhor, por que estou vendo isso?’ Você verá porque agora terá o poder para ver. Muitos detalhes e visões estão esperando para que você os veja. Estou fazendo com que as coisas que estavam guardadas no profundo do seu espírito sejam vivificadas. Você dirá: ‘Por que estou tendo essa visão?’ É porque estou dando a você poder para ver coisas pelas quais uma vez você orou, chegarem à sua plenitude. Essa visão te dará fé para orar novamente.

“Estou liberando um vento espiritual dos céus. Eu hoje falo para a terra: Inspire esse vento espiritual! Há um agitar, um mexer profundo dentro de você. Inspire esse vento espiritual e Eu poderei agitar ainda mais profundo. Inspire Meu vento sobrenatural e Eu poderei agitar e fazer com que a visão que você estava esperando para ver manifestada diante de você. Inspire o Meu vento, porque Estou enviando um vento dos céus. Este é um vento soberano e sobrenatural. Você agüentou o calor do momento e da temporada. Agora o vento espiritual está vindo. Inspire esse vento espiritual. Inspire Meu vento. Deixe-o levá-lo. Inspire Meu vento. Deixe-o levantá-lo. Você verá e entenderá a trajetória que você precisa. O vento está fazendo com que as árvores da floresta se unam e abram o caminho por onde você irá. Inspire esse vento espiritual. Ele está abrindo aquilo que você ansiava ver. Inspire o vento, que poderá liberar aquilo que não foi agitado. Agora é o tempo de agitar Meu amor. Sua trajetória foi estabelecida. Sua trajetória foi liberada. Inspire o vento do Meu amor. Inspire o vento do Meu amor.

“Você prevaleceu para esta trajetória, mas até agora, o tempo de liberá-la ainda não. Não tenho me deleitado em agitar o amor. Você está tentando agitar Meu amor e encorajar sua visão. Agora estou enviando um vento que realinhará, restaurará e despertará os ovos que você esteve chocando. Estou enviando um vento para criar um ninho e soprar para longe o velho em que você tem estado sentado, e te dar um novo para sentar-se. Estou enviando um vento profundo e me agrada agora despertar o Meu amor”.

“Você é como Jacó, que lutou e se sentiu enganado. Meu vento agora está vindo e aquela idéia criativa se multiplicará. Aquele caminho se formará. Permitirei que você veja coisas que você Me pediu para ver. Darei a você sinais de que coisas pelas quais você orou estão despertando. Será como a primavera em meio ao verão. Forças religiosas contenderam com você e você perdeu muitas batalhas nessa contenda. Mas porque você permaneceu, enviarei um vento de despertar que contenderá.

“Coloquei um chamado dentro de você quando te formei no ventre. Você disse: ‘Senhor, qual é o meu propósito?’ Você tentou este e aquele caminho. Agora o vento de despertar que contenderá virá para soprar sobre você outra vez. Você dirá: ‘Agora vejo porque fui colocado aqui. Agora vejo como fui capturado e como resisti’. Você verá o vento de despertar. Sinto prazer em enviar este vento que despertará o Meu amor. Me agrada enviar este vento que despertará o Meu amor dentro de você novamente. Você contendeu com Minha palavra e buscou o Meu Espírito, mas agora despertarei o Meu amor.

“Você esvaziou um celeiro em sua espera. Entretanto, mesmo no esvaziar deste celeiro você Me obedeceu. Em sua obediência ao desistir mas resistir, de ofertar e não reter, Eu agora te recompensarei e até o mundo ao teu redor te abençoará de novas maneiras. Será difícil para você receber as bênçãos que este vento de despertar está soprando. Estou soprando Meu vento de despertar que contenderá e fará com que seu amor desperte.

“Muitos estão esperando pela chegada deste despertar. Muitos estão descansando das feridas da temporada passada. No descanso das feridas causadas pelo inimigo, você agora se levantará com nova força. Você entrará em um lugar que não pôde entrar na temporada passada. Agora você se levantará e subirá. Você se recuperará. Você deitará no Meu amor e Minha cama de vento de amor fará com que você entre. Você gritará. ‘O despertar chegou!’. Eu o salvei para este tempo de despertar. Meu vento contenderá e Meu amor despertará em você novamente.”

Bênçãos,

Chuck D. Pierce

Comments (0)

O Plano Original de Deus

Posted on 24 junho 2010 by admin

A autora inicia o primeiro capítulo trazendo à consciência de seus leitores o grande contraste que existe entre a visão da realidade atual em que o homem se encontra, degradado pelo pecado; e a palavra bíblica de Gênesis 1.26 que aponta para a origem do mesmo. Apesar da triste e trágica realidade espiritual em que a humanidade se acha, assegura Valnice: “A despeito da queda do homem, há entre ela e nós, o Calvário, que nos aponta para o fato de que Deus proveu através do Seu Filho Jesus Cristo um caminho de luz e esperança para a raça humana decaída”. A célebre frase de Milhomens, portanto, surge em seu texto trazendo a nossa atenção para a esperança anunciada na Cruz: “o Calvário não foi em vão”!

Valnice nos tranquiliza declarando que, apesar da ruína espiritual e moral da humanidade, Deus pôs limites para que a maldade não avance a um ponto onde o homem não tenha um caminho de volta. Ela sustenta sua confiança no fato da soberania divina que não perde o controle da história, pois Deus arquitetou um projeto de redenção a fim de estabelecer o Seu plano original para os homens.

O capítulo, então, passa a desenvolver um plano de sete fundamentos legais que nos esclarecem os propósitos redentivos de Deus para todos os homens. Cada ponto dá base para o próximo:

1. O mundo inteiro é propriedade de Deus – “Ao SENHOR pertence a terra e tudo o que nela se contém, o mundo e os que nele habitam” (Salmo 24.1). Como criador de tudo, Deus tem o “direito de patente” sobre a Sua criação. Valnice afirma de forma enfática: “legalmente, o mundo das coisas e dos homens pertence a Deus por direito de criação” e à igreja cabe a responsabilidade de fazer valer esse princípio espiritual. Com base nessa verdade, protesta a autora: “o domínio do adversário sobre os homens é ilegal porque Deus os criou para a liberdade”.

2. O mundo inteiro jaz no maligno (1João 5.19) – Esse é o contraponto da realidade anterior. O mundo dos homens, portanto, está dividido em dois grupos: “o que pertence a Deus e o que jaz no maligno”. Valendo-se do direito sagrado ao livre arbítrio, o homem entregou-se à escravidão de Satanás e afastou-se da sua origem: Deus (Romanos 6.16). Sendo Adão o representante da raça humana, “trazemos em nossa natureza as marcas da degeneração moral e espiritual”, conforme Davi expressa em  Salmo 51.5, através da  qual manifestamos em nossas ações de rebelião aberta contra o Criador. Desse modo, Satanás criou um sistema estruturado onde o objetivo é lançar o homem cada vez mais para longe de Deus, rumo à destruição eterna (2 Coríntios 4.4).

3. O mundo inteiro é o alvo do amor de Deus – O amor incondicional é a essência do próprio Deus (João 3.16). Referindo-se ao fato de Deus ter revogado Seu juízo sobre os ninivitas por causa do arrependimento do povo, escreve a autora: “As ternuras do coração do Criador estão voltadas, indistintamente, para cada uma das suas criaturas, por mais vil e rebelde que ela seja. Não há limites para esse amor”.

4. O mundo inteiro foi incluído no plano de salvação – Através das palavras registradas em João 3.17-19, Jesus revela Sua missão universal de redimir o mundo inteiro. Dessa maneira, garante Valnice: “O coração de Deus está escancarado para cada um das suas criaturas, ainda que seja a mais pecadora e rebelde. Não há exceção; cada um dos homens foi incluído naquela Cruz do Calvário…”. A amplitude da missão foi reconhecida pelos homens (João 4.42) e outorgada à igreja (Marcos 16.15). Todos os corações, em todos os lugares devem ser tocados com a mensagem de redenção.

5. Os reinos do mundo serão devolvidos ao Seu legítimo dono – Valnice tranquiliza seus leitores: “os propósitos de Deus jamais serão frustrados, pois Ele tem o mundo inteiro em Suas mãos e controla o programa de redenção para a humanidade”. Ao mesmo tempo em que permite a explosão do crescimento populacional e o avanço da comunicação por meio de tecnologias, Deus vai trazendo à Sua igreja as manifestações cada vez mais extraordinárias do Seu Espírito, provendo-lhe ferramentas espirituais para o cumprimento da Grande Comissão. Valnice evoca a profecia de Habacuque 2.14 onde diz “… a terra se encherá do conhecimento da glória do SENHOR, como as águas cobrem o mar” e lembra a profecia de Apocalipse 11.15.

6. O mundo inteiro estará representado no Reino de Deus – Citando a visão de João em Apocalipse 7.9-17, afirma a autora: “O Deus Criador, o Deus Redentor, Ele mesmo garantirá o triunfo do Seu eterno plano de redenção, e naquele dia glorioso não faltará representantes de uma única tribo, raça, povo língua e nação”.

7. O que é de Deus voltará para Deus e viverá eternamente na presença de Deus – Valnice transcreve o texto de Apocalipse 22.1-5 e conclui o primeiro capítulo consolando seus leitores no fato de que o reino de Satanás será derrotado e julgado e o triunfo do Cordeiro será estabelecido, triunfo este que já se processa e que terá a sua consumação.

Mais resenhas…

Comments (1)

Adoração em Santidade – Apresentação

Posted on 22 junho 2010 by admin

O livro é de autoria de Valnice Milhomens, primeira missionária batista brasileira a ser enviada para a África. Após experimentar o batismo no Espírito Santo passou por uma revolução espiritual. Ao desligar-se da JMM percorreu o Brasil ensinando sobre fé, mover do Espírito, oração, dentre outros temas. Foi a primeira mulher evangélica a usar a televisão como ferramenta de evangelização,  apresentou os programas “A palavra da Fé” e “Escola Bíblica na TV” (este último ainda permanece). Sua incansável luta é pela redenção do Brasil e de todos os povos. É presidente da INSEJEC (Igreja Nacional do Senhor Jesus Cristo), igreja que  fundou e é uma das primeiras implantadoras da visão G12 no Brasil. Seu currículo intelectual exibe várias graduações, dentre elas, doutorado em teologia e mestrado em liderança nos EUA. É autora de vários livros como Personalidades Restauradas, O Jejum e a Redenção do Brasil, Tipos de Oração, Orando a Palavra, O Poder da Intercessão, dentre outros.

Adoração em Santidade é um livro que se propõe a refletir sobre a igreja abordando sua vocação como comunidade adoradora e sua missão como instrumento de redenção do perdido. Valnice defende que existem dois sistemas satânicos que têm se infiltrado na igreja, através dos séculos. Trata-se da “idolatria” e da “feitiçaria”. Tais sistemas tem minado a igreja por dentro e por fora, modelando seu pensamento e atitudes.

Milhomens faz uma reflexão histórica de como a igreja foi cedendo às estruturas humanas até perder o seu potencial redentivo. Mas destaca o papel da “adoração em santidade”, como a “expressão de um chamado, um desafio, um imperativo, uma estratégia, a maior e mais poderosa arma de batalha espiritual, em nível estratégico, para detonar os poderes do inferno, paralisando-os sobre as vidas e nações inteiras a fim de implantar o Reino de Deus vitoriosamente na Terra”.

Seu pensamento também gira em torno de dois textos aos quais fundamenta o livro:

“Ao SENHOR pertence a terra e tudo o que nela se contém, o mundo e os que nele habitam” (Salmos 24:1)

“Sabemos que somos de Deus e que o mundo inteiro jaz no Maligno” (1 João 5:19).

São doze capítulos, cada um soa como um chamado a despertarmos e rompermos com estruturas paralisantes e combatermos as forças das trevas que emperram o cumprimento da Grande Comissão. Admito que não é um livro de fácil digestão, principalmente se não estamos acostumados com o raciocínio da autora e nem com a  visão de guerra espiritual. Mas se analisarmos o conteúdo sem preconceitos, veremos quanto a igreja pode ser beneficiada pela visão de redenção proposta por Valnice.

Convido-o a mergulhar comigo nesse fascinante livro que traz uma perspectiva muito interessante sobre a igreja em células e nos estimula a amarmos a Deus e aquilo que ele mais ama: vidas!

MAIS RESENHAS…

Comments (0)

Os Humildes de Espírito

Posted on 22 junho 2010 by admin

“Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus” (Mateus 5.3)

Alguma vez você pensou em desistir de ser feliz? Creio que essa esperança havia-se esfriado no coração daquelas pessoas a ponto de tornar-se uma mera utopia, um sonho distante.

Para entendermos o que significa ser “humilde de espírito” é importante sabermos o que não é isso. Continue Reading

Comments (1)

O Que a Copa do Mundo Tem a Ver Com o Pentecostes?

Posted on 12 junho 2010 by admin

O Mundial na África do Sul tem se tornado o alvo dos olhares do mundo inteiro. Esse mega evento é  mais que uma competição esportiva, é um encontro dos povos da Terra. Culturas, religiões e ideologias políticas se encontram num só lugar para celebrar a diversidade e se confraternizar, apesar das grandes (e em alguns casos, irreconciliáveis) diferenças.

Deus usou um evento que unia povos de toda a terra para derramar o Seu Espírito e alcançar milhares de pessoas. Foi o PENTECOSTES (Atos 2). A maior copa de todos os tempos pode se tornar o maior pentecostes de todos os tempos. Continue Reading

Comments (0)

O Que (ou quem) Faz Uma Igreja?

Posted on 10 junho 2010 by admin

Ponte Estaiada: Próximo ao local da nossa reunião

A igreja não é um lugar. “Onde estiverem dois ou mais reunidos em meu nome”, disse Jesus, “ali esterei entre eles”. Somos privilegiados por compreendermos essa verdade. Jesus está presente onde seu povo se reúne: numa casa, numa praça, num escritório… e também num hotel! Nesse final de semana (domingo às 17h00) nos reuniremos no hotel Estanplaza na avenida Luiz carlos Berrini, 853, uma região sofisticada e cheia de opções de transportes. Vamos ter uma reunião muito especial. Clique na foto do hotel e saiba como chegar:

Comments (1)

Celebrando a Comunhão

Posted on 09 junho 2010 by admin

“Oh! Como é bom e agradável viverem unidos os irmãos! É como o óleo precioso sobre a cabeça, o qual desce para a barba, a barba de Arão, e desce para a gola de suas vestes. É como o orvalho do Hermom, que desce sobre os montes de Sião. Ali, ordena o SENHOR a sua bênção e a vida para sempre” (Salmo 133).

INTRODUÇÃO

Uma das coisas mais belas é passar pela vida e celebrá-la intensamente. Jesus nos disse que a vida que Ele nos oferece é intensa e abundante (João 10.10). Isso significa que em Cristo podemos desfrutar das bênçãos de Deus com significado e liberdade. Dentre essas bênçãos, está a comunhão com os irmãos. Precisamos  uns dos outros para vivermos com propósito. Não há como saber o que seria mais trágico: estarmos sós nas lutas ou não termos alguém com quem compartilhar os sucessos! Continue Reading

Comments (0)

Devocional do Líder de Célula

Posted on 08 junho 2010 by admin

Confira o meu devocional do líder de célula no Evangelho de Marcos clicando AQUI. Ou clique em “Devocionais” no menu ao lado. (Para abrir os posts clique no título)

Comments (1)

Saldo Devedor

Posted on 07 junho 2010 by admin

Introdução

É possível “amar demais”? Será que podemos amar tanto a ponteode termos saldo suficiente? Como cristãos, temos um saldo devedor de amor para com todos os seres humanos:

1º. A Dívida

“Não devam nada a ninguém, a não ser o amor de uns pelos outros, pois aquele que ama seu próximo tem cumprido a Lei” (Romanos 13.8). Continue Reading

Comments (0)

Advertise Here
Advertise Here